O que é o Instituto do Jovem? 

O Instituto do Jovem é um departamento da Casa Espírita que visa atender, evangelizar e acompanhar o jovem, a partir de 12 anos. Proporciona à juventude um espaço participativo, criativo e de interação cristã. Dividi-se em duas ações: formação da mentalidade cristã do jovem e a especialização de trabalhadores para a Evangelização Juvenil.

 

Mocidade Espírita

A Mocidade é o Núcleo de Trabalho do Instituto do Jovem que irá atender, acompanhar e direcionar o jovem, a partir de 12 anos, nas atividades da Casa Espírita, bem como propiciar trocas de experiências e oportunidades de contribuições dos jovens para a própria Mocidade e para o Centro Espírita que estão vinculados. Propõe em seu trabalho, cursos, atividades práticas, oficinas de arte e recreação, atividades de reforma íntima e alegria cristã que visam enriquecer o patrimônio espiritual do jovem e prepará-lo para as atividades do Centro Espírita, fortalecendo-o na atual encarnação. Sendo ainda um núcleo onde formará amigos/companheiros para a sua jornada terrestre.

A seguir vamos conhecer Núcleo de Mocidade, seus aspectos doutrinários e pedagógicos.

“A mocidade tem capital importância, porque é a primeira orientação para o destino; nela, o esquecimento do passado é completo; este não existe mais, e todas as suas potências estão voltadas para o futuro. Eis por que os moralistas e os educadores concentraram sua experiência e seus esforços nesse prefácio da vida humana […].” (Léon Denis, O grande enigma, 9. ed., p. 200).

Objetivos

  • Traçar diretrizes seguras, dentro do Evangelho de Jesus, a fim de que, através da sua formação moral, seja o jovem a base de uma sociedade mais humanizada e feliz.
  • Acompanhar o desenvolvimento físico, moral e psicológico do jovem, proporcionando estudos doutrinários e atividades práticas;
  • Estimular o jovem ao trabalho no bem, e à iniciativa da autoeducação;
  • Propiciar meios de integrar a juventude a Jesus.

A importância da mocidade espírita para o jovem

“[…] Realçamos o papel preponderante das Mocidades Espíritas, que se avolumam no cenário da pátria e se constituem em alicerce sólido contra as investidas do mal. A assistência dos bons espíritos, incluindo a orientação dos guardiões pessoais, é ostensiva nas reuniões da galera jovem. Os temas são tratados na sua linguagem usual; a abordagem é feita na medida exata da sua compreensão; o clima astral é leve, alegre e descontraído.” (Luiz Sérgio, O que os jovens podem ensinar?,  p. 31).

Juventude e Jesus!

Quando essas duas forças estiverem integradas, à daqueles que tudo de¬sejam realizar, com audácia nem sempre refletida, mas honesta, com a Da¬quele que tudo podia operar e limitou-se a cumprir a vontade do Pai, que O enviara, então, teremos conquistado com base nos Códigos Supremos da vida e da alma, o eloquente progresso, desde há tanto anelado. A Juventude, vitalizada pela mensagem de Jesus, será imbatível e incorruptível força pro¬gressista, dirigindo para a perene ventura todos quantos tiverem aproveita¬do os tempos juvenis, para a sementeira, nos seus próprios rumos, das luzes do trabalho e do amor, como Ele ensinou.” (Ivan de Albuquerque, Cântico da juventude, 2. ed., p. 25-26).

Estudo

As aulas serão ministradas, preferencialmente, com a valorização do estudo em grupo.

“Tanto para os jovens como para os adultos o estudo em grupo é o mais eficiente até porque nós não podemos esquecer que na base do Cristianismo, o próprio Jesus desistiu de agir sozinho, procurando agir em grupo”. (Francisco Cândido Xavier e Emmanuel, A terra e o semeador, 5. ed., p. 80-81).

Comentário

You must be logged in to post a comment.